Em Nem tudo são flores Pedro declara, também, seu amor por Antonieta, sua Flor, nascida no Crato, em 03 de janeiro de 1955. 

Um reencontro em Recife marca o início de uma linda história de amor, companheirismo e afeto, que se concretiza em Natal, cidade onde moram desde 1979.

A seguir, trechos da narrativa [clique nas imagens para ver e ler estes escritos]:

Maria Antonieta Brito de Castro
Maria Antonieta Brito de Castro

Em diversas fases da vida

press to zoom
Início do romance
Início do romance

Crato, anos 1960

press to zoom
Trecho de "Para amigos diversos" (2012)
Trecho de "Para amigos diversos" (2012)

Apresentação escrita por Joana e Mariana

press to zoom
Maria Antonieta Brito de Castro
Maria Antonieta Brito de Castro

Em diversas fases da vida

press to zoom
1/8